Fórum Dong Bang Shin Ki (DBSK/TVXQ) Portugal

Conheces este grupo coreano com tanto sucesso? Então junta-te a nós, sejas fã ou queiras saber mais e diverte-te!
 
InícioPortalGaleriaFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposLogin

Compartilhe | 
 

 Poemas - Incoerentes Caminhos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
shadows_owner
Photoshop Lady/Moderadora
Photoshop Lady/Moderadora


Feminino
Número de Mensagens : 862
Idade : 32
Localização : Normalmente no espaço... Lua é muito perto da Terra.
Emprego/lazer : O meu portatil XD
Humor : Muito... nem q seja morbido XD
Membro Preferido : YunHo - U-Know.... e mais Yunho... que se lixe o resto... YunHo é YunHo e não se fala mais nisso!
Música Preferida : Love in The Ice, Rising Sun, Purple Line, Darkness Eyes, Phantom, Hi Ya Ya Ya, Tri-Angle, Break Up The Shell, Hey (Don't Bring me down), Mirotic... Na verdade são todas as musicas deles! XD
Data de inscrição : 07/09/2008

MensagemAssunto: Poemas - Incoerentes Caminhos   Dom Nov 16, 2008 2:36 pm

opá qd n s tem mais nada q faça no trabalho é assim
Aqui ficam alguns poemas meus, espero que gostem:

Fundo de Mim

Da minha alma a escuridão
Das trevas a solidão
Neste tempo de esquecimento
Quero a eterna salvação
Nem que seja por um momento

Desterro da alma a verdade
Consolo no peito a anciedade
Confundo no mundo
A raiz de um medo vão
Que vai tão profundo
Como se não tivesse coração

Agarro-me à vontade de ser
Ao desejo que não posso vencer
Lanço em mim a esperança
De uma vida que quero esquecer
E de um mundo que não quero perder

Gritar ao vento liberdade
E esquecer este tormento
Combater um inimigo atento
Que nos rouba a vontade de viver
Mas que não nos permite esquecer

Quero tanto acreditar
Que os nossos mundos se podem encontrar
Quero tanto saber
Se o nosso amor vai conseguir vencer


Memórias de Trevas

Dos confins das minhas memórias
Recordações obscuras
De mil e uma histórias

Histórias de perda,
Histórias de vitória.
Contos de glória
Numa batalha perdida
De uma guerra de vontades
Onde a morte é oferecida

Tanto que lutei por vencer,
Tanto que lutei por não ceder
Sinto-me desistir
Sinto-me desfalecer

Procuro algo que parece não existir
Como se buscasse a absolvição
Sinto-me a cair
Escorrego para a escuridão
As trevas tomam conta de mim
E a noite parece não ter fim.

Que guerra inglória é esta?
Que sombria memória
Me foi arrancada do peito?
Pode não passar de uma história
Mas para a minha alma desfeita
Vence-la foi um feito.

Ergo-me das cinzas
Como a Fénix renascida
Nesta batalha das trevas
Comandada pelas sombras
Nunca me darei por vencida!


Salva-me



Desejo-te aqui!
Dentro de mim a esperança desvanece,
A cada dia a ansiedade cresce;
Esta estrada parece não ter fim.

Não sei quem sou,
Sinto-me perdida em palavras
E não sei para onde vou.

A terra sobre a qual caminho
Parece querer engulir-me
E o ar que respiro
Parece querer sufocar-me.

Diz-me quem sou,
Ajuda-me a descobir
Qual o proposito que tenho de servir.

Esta floresta negra
Onde as trevas me querem devorar
E a luz ja não consegue entrar,
Onde nada é o que parece...
A minha alma aos poucos escurece!

Salva-me das trevas,
Tira-me deste lugar sufocante!
Aqui onde a noite é dia e o dia morreu
Eu te espero cavaleiro errante.

Sem Fuga


Fugir da vontade de ser
O sonho de quem quer saber
Se o desejo de viver
Pode, de verdade, vencer

A noite pedir vontade,
Para o dia vencer
Ganhar desejo de liberdade
Para o medo perder

Como se pode subsistir
Num mundo de crueldade sem igual
Como se pode resistir
Num mundo tão implural!

Tempo


Dador de lágrimas incertas
Estonteantes laivos de raiva incontida
Tantas vezes inconcretas
Num mundo de beleza sentida

Amante de um sonho incerto
Derramando sangue, já desperto
Corroendo a folha central do meu ser
Desesperado de me ver morrer!

Atendo à luta desgarrada
Se uma chama sedenta
Que do nada se vira e se apresenta
Comprimida, como uma espinha pregada
Na alma de um vagabundo
Mais infeliz que moribundo

O absurdo de um avida
Que luta enrraivecida
Pela vaidade de não ser esquecida

No profundo fervente
De um ser que se sente
No meio de tanta gente
Mais ausente que presente

Louvar o toque da fúria
De um anjo entristecido
Por não ter sido prevenido
Que o amo é apenas luxúria

Enrraizar o conhecimento
Da pura e crua sabedoria
Que procura provedoria
Na luz ténue do sofrimento.

_________________
Ritmo DBSK Fighting!




Godzilla strikes back! Muahahahahah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dongbangshinki-portugal.blogspot.com/
nayomira
Deusa Odisseia
Deusa Odisseia


Feminino
Número de Mensagens : 1755
Idade : 26
Localização : Salamanca - Bragança xDDD
Emprego/lazer : Estudante da Faculdade nos tempos livrx! lol!
Humor : I wanna be a froggieeeee! XD
Membro Preferido : Junsu-oppa~ em primeiru lugar....depois vem o Junsu~oppa!!! muhaha!
Música Preferida : Darkness Eyes, Purple Line, Love in the Ice, Kiss Shita Mama Sayounara, Dead End, Rising Sun, O, Choseey Lover, The way you are, Tri-Angle, Doushite Kimi wo Suki ni Natte Shimattan Darou, MIROTIC, Wrong Number, 9095, etc etc! xD
Data de inscrição : 01/04/2008

MensagemAssunto: Re: Poemas - Incoerentes Caminhos   Dom Nov 16, 2008 2:55 pm

... .... ... .... .... .... .... .... .... ....

sabes...eu ja sabia que escrevias bem mas...uau....neste momento invejo-te...sim, é um sentimento estranho mas é verdade...invejo-te a maneira como consegues fazer sentir o que tu sentes...enquanto que eu por exemplo limito-me a narrar coisas que me acontecem...tu...uau...tu...consegues apenas maravilhar-me...e apesar da inveja que sinto neste momento, obrigada pelos minutos que perdi a ler estes poemas porque...foram dos melhores da minha vida! ^^

p.s: wow!!! O.O isto é demasiado filosofico pa mim! xDDD gomen ne, sana-nee-sama! xD

_________________
FANFICS:

[Link]


[link]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
shadows_owner
Photoshop Lady/Moderadora
Photoshop Lady/Moderadora


Feminino
Número de Mensagens : 862
Idade : 32
Localização : Normalmente no espaço... Lua é muito perto da Terra.
Emprego/lazer : O meu portatil XD
Humor : Muito... nem q seja morbido XD
Membro Preferido : YunHo - U-Know.... e mais Yunho... que se lixe o resto... YunHo é YunHo e não se fala mais nisso!
Música Preferida : Love in The Ice, Rising Sun, Purple Line, Darkness Eyes, Phantom, Hi Ya Ya Ya, Tri-Angle, Break Up The Shell, Hey (Don't Bring me down), Mirotic... Na verdade são todas as musicas deles! XD
Data de inscrição : 07/09/2008

MensagemAssunto: Re: Poemas - Incoerentes Caminhos   Dom Nov 16, 2008 2:59 pm

O.O
O.O
O.O
affraid
Serio?
Mas a serio q gostas-te mesmo?
WOW.
Fixe...
Mas não é grande coisa, sério.
Faço por gosto.
Muito obrigado por gostares!
Arigatou!

_________________
Ritmo DBSK Fighting!




Godzilla strikes back! Muahahahahah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dongbangshinki-portugal.blogspot.com/
nayomira
Deusa Odisseia
Deusa Odisseia


Feminino
Número de Mensagens : 1755
Idade : 26
Localização : Salamanca - Bragança xDDD
Emprego/lazer : Estudante da Faculdade nos tempos livrx! lol!
Humor : I wanna be a froggieeeee! XD
Membro Preferido : Junsu-oppa~ em primeiru lugar....depois vem o Junsu~oppa!!! muhaha!
Música Preferida : Darkness Eyes, Purple Line, Love in the Ice, Kiss Shita Mama Sayounara, Dead End, Rising Sun, O, Choseey Lover, The way you are, Tri-Angle, Doushite Kimi wo Suki ni Natte Shimattan Darou, MIROTIC, Wrong Number, 9095, etc etc! xD
Data de inscrição : 01/04/2008

MensagemAssunto: Re: Poemas - Incoerentes Caminhos   Dom Nov 16, 2008 3:03 pm

*a nayomira gotica-profunda ja foi embora!* *volta a nayomira mete-nojo* OLHA NAO!!!!! escrevi akilu *num impulso, é vdd* porque os odiei!!! k axas???? lol!!! sim, gostei...e muuuito!!!! sim, e k?? os meus tb sao so pa passar tmp..*por falr nisso, tenhu k paxar po meu caderno o meu novo! xD*

e siiiim, gostie muuuuito! acredita em mim...quando me vem uma frase daquelas *por eu sei o tom serio com que a escrevi* com aquele tipo de sentimento...estou ante uma coisa que adoro mesmu...

_________________
FANFICS:

[Link]


[link]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lili
Bramble Odisseia
Bramble Odisseia


Feminino
Número de Mensagens : 648
Idade : 27
Localização : Madeira
Emprego/lazer : Estudante
Humor : Mais feliz não podia estar :D
Membro Preferido : Yunho *.*
Música Preferida : Love in the ice, O, Tri-Angle, Dead End, Miduhyo, The Way U Are, Crazy Life, Rising Sun, Insa, Footsteps, One, Holding back the tears, A Heartbeat Away, Free Your Mind, Dangerous Mind, Mirotic, Wrong Number, Hey! (Don´t Bring Me Down), Force, Picture of you, survivor, Take your hands, Break Out, Shelter(Jae/Yoo)

Data de inscrição : 16/02/2008

MensagemAssunto: Re: Poemas - Incoerentes Caminhos   Seg Nov 17, 2008 10:37 am

:amor: :amor: :amor: :amor: ahhhh lindooooooooooo. Cada palavra como as colocas faz sentido na que vem a seguir. Adorei mesmo a sério tens muito jeito :amor: Sou tua fã

P.s. Lá tá a outra a falar outra vez....com a história que não tem jeito. Vai embora vai embora. :-.-:

_________________

시아준수 * 믹키유천 * 영웅재중 * 최강창민 * 유노윤호
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dbskportugal.forumeiros.com
marins
Fã de Bronze
Fã de Bronze


Feminino
Número de Mensagens : 46
Idade : 22
Localização : leiria
Humor : demasiado perva mas com um enorme sentido de humor e animação ( excepto quando há problemas)
Membro Preferido : heroo
Música Preferida : darkeness eyes, love in the ice e why did I fall in love with you, etc .. ( saõ as que mais me fascinam...)
Data de inscrição : 20/10/2008

MensagemAssunto: Re: Poemas - Incoerentes Caminhos   Sex Nov 28, 2008 9:14 am

WOOW :amor: :amor:

os teus poemas tocam-me assim, profundamente... ( principalmente pelo facto de eu tambem escrever. E comparando os teus com os meus... T_T os meus ficam bue abaixo.)

( nao me censurem, só tenho 14 anos :(oh): )


Like a Star @ heaven QUERO mais uns quantos para eu ler Like a Star @ heaven
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sandrita
Fã de Ouro
Fã de Ouro


Feminino
Número de Mensagens : 604
Idade : 26
Localização : A estudar em Lisboa mas sou de Faro (minha bela terrraaaaa ^^)
Emprego/lazer : Unversidaddddd ^^ University and lots of fun ahahahah
Humor : ultimamente nao anda muito bom... lool mas apesar de tudo o sofrimento não há de o derrubar constantemente :)
Membro Preferido : Junsu~ ^^
Música Preferida : hmmm adoro todas xD mas as que oiço mais são Holding Back the tears, Insa, Love is Never Gone, Beautiful Life, Begin e mais recentemente Doushite Kimi wo Suki ni Natte Shimattan Darou, Summer Dream e Mirotic (viciada já xD) ^^
Data de inscrição : 15/07/2008

MensagemAssunto: Re: Poemas - Incoerentes Caminhos   Sex Nov 28, 2008 4:12 pm

Uahhhh escreves tão bem!! Tens um dom sabias?

Não os percas e não deixes de escrever Smile

Adorei mesmo! Se tiveres mais adorava lê-los Smile

kisu
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
shadows_owner
Photoshop Lady/Moderadora
Photoshop Lady/Moderadora


Feminino
Número de Mensagens : 862
Idade : 32
Localização : Normalmente no espaço... Lua é muito perto da Terra.
Emprego/lazer : O meu portatil XD
Humor : Muito... nem q seja morbido XD
Membro Preferido : YunHo - U-Know.... e mais Yunho... que se lixe o resto... YunHo é YunHo e não se fala mais nisso!
Música Preferida : Love in The Ice, Rising Sun, Purple Line, Darkness Eyes, Phantom, Hi Ya Ya Ya, Tri-Angle, Break Up The Shell, Hey (Don't Bring me down), Mirotic... Na verdade são todas as musicas deles! XD
Data de inscrição : 07/09/2008

MensagemAssunto: Re: Poemas - Incoerentes Caminhos   Qua Dez 03, 2008 2:44 pm

Eu

Vencendo as guerras da vida
Saindo vencedora, muitas vezes vencida
Lutadora de uma guerra já perdida
Erguendo-me como a Fénix das cinzas renascida


Sempre

Não és agua ou fogo
Morte na alma que sofre
Desejo de uma vingança
Nas mãos de uma criança

Choro o coração que matas-te
A vida que amaldiçoas-te
Desejo os teus braços a minha volta
Neste mundo que me fechou a porta
O suspiro de uma voz
Do meio deste sofrimento atróz

Dei-te por perdido
E a mim por vencida
Neste sentimento em que fui esquecida
Da verdade quero saber o motivo

Não há mais sol para mim
Não há mais amor
Sem haver um fim
Neste sofrimento sem côr
De uma vida sem valor
De mim sobram pedaços
Que lanço a quem quiser apanhar
Perdidos em regaços
De quem não se parece importar
Não há chama para me cobrir
Valores que possa perder
Chamar por quem queira saber
Que ainda consigo existir

És o vento que me lava
A água que me seca
O fogo que me arrepia
E o gelo que me queima

És, foste e vais sempre ser
O unico amor que não quero perder!



Amar

Quero amar
Quero conhecer tudo o que o amor
Em todo o seu esplendor
Nos pode fazer desejar

A minha vida
Pela paixão é movida
Desejo de poder ter
Alguém com quem envelhecer

É isso a paixão:
Esquecer o mundo
Querer perder a vida num segundo
Virar filósofo sem qualquer razão
Agarrar a oportunidade
Perdoar e ter piedade
Querer voar sem asas ter
Flutuar na imensidão sem acordar
Conhecer a vida sem a querer viver
Ter o mundo se assim se desejar

Apenas me quero apaixonar
Dizer que encontrei alguém especial
A criatura mais excepcional
Que a eternidade comigo quer passar
Um anjo doce e inteligente
Que não haja como um demente
Que seja vero
Que seja meigo e muito sincero

Quero um príncipe encantado
Um amor que venha sem ser chamado
Que me ame sem medida
Que não me faça enfrentar mais uma despedida
Que não me parta o coração
Que me ame até que a morte nos separe
Que me olhe nos olhos de verdade
Vendo a minha alma em toda a sua imensidão

Amar deve ser liberdade
Desejo e honestidade
Sentimento de unidade

Ama-me pelo que sou
E não pelo que dou
Ama a minha alma e não o meu corpo
Ama-me a mim

Mesmo que venham a haver obstáculos,
Promete-me que será assim:
Que me vais amar
Nem que o mundo tenhas que enfrentar!


Desespero do Ser

Desespero de ser
Alma de quem não conhece
Desejo de beber
Razões de quem padece
Ouve, vive, sente
O desespero do ausente
A história que te arrepia
Como uma lamina aguçada e fria.

Ouve o temor
O desespero de terror
Daqueles que não conseguem escutar
Sem um grito na noite lançar…



Impossibilidade

Esta maldição que nos une
Que nos junta ardentemente
Separa-nos por um mundo
Matando-nos suavemente

Corroi lentamente
Mas doi terrivelmente
Corre o corpo num instante
Como uma caricia dilacerante

Faz crescer o fogo do coração
Mas gela a mente de aflição
Deixando-nos cair sem salvação

Desterra o peito de calor
Desarma a alma sem o valor
Que faz o fogo arder no seu interior



Nascer de Novo

A manhã de mim
De um sol que não quer nascer
Um dia que não tem fim
O mundo que parece não aparecer

Tenho o corpo em chama
O caração arde-me no peito
Este ardor que me clama
Deixa-me por vezes sem jeito!

Qual fogo ardente
Qual desejo de vontade latente
A alma que se dissolve ao toque
Um beijo que se desvanece no pensamento
A vontade é para mim um tormento
Que prende no centro de mim um desalento

Este segredo que calo em mim
Quer vencer-me, impor-me um fim
Fazer-me renascer
A vontade de amar
A felicidade desejar
O amor fazer acontecer

Quero vencer, viver
Amar para não perder
Acreditar que no fundo
De toda esta mentira
A vervade merce ser vivida!

_________________
Ritmo DBSK Fighting!




Godzilla strikes back! Muahahahahah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dongbangshinki-portugal.blogspot.com/
nayomira
Deusa Odisseia
Deusa Odisseia


Feminino
Número de Mensagens : 1755
Idade : 26
Localização : Salamanca - Bragança xDDD
Emprego/lazer : Estudante da Faculdade nos tempos livrx! lol!
Humor : I wanna be a froggieeeee! XD
Membro Preferido : Junsu-oppa~ em primeiru lugar....depois vem o Junsu~oppa!!! muhaha!
Música Preferida : Darkness Eyes, Purple Line, Love in the Ice, Kiss Shita Mama Sayounara, Dead End, Rising Sun, O, Choseey Lover, The way you are, Tri-Angle, Doushite Kimi wo Suki ni Natte Shimattan Darou, MIROTIC, Wrong Number, 9095, etc etc! xD
Data de inscrição : 01/04/2008

MensagemAssunto: Re: Poemas - Incoerentes Caminhos   Qua Dez 03, 2008 3:15 pm

ja sabes que nao estou com disposiçao pa isto! :-.-: depois edito isto e digu-t o que penso....

_________________
FANFICS:

[Link]


[link]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sandrita
Fã de Ouro
Fã de Ouro


Feminino
Número de Mensagens : 604
Idade : 26
Localização : A estudar em Lisboa mas sou de Faro (minha bela terrraaaaa ^^)
Emprego/lazer : Unversidaddddd ^^ University and lots of fun ahahahah
Humor : ultimamente nao anda muito bom... lool mas apesar de tudo o sofrimento não há de o derrubar constantemente :)
Membro Preferido : Junsu~ ^^
Música Preferida : hmmm adoro todas xD mas as que oiço mais são Holding Back the tears, Insa, Love is Never Gone, Beautiful Life, Begin e mais recentemente Doushite Kimi wo Suki ni Natte Shimattan Darou, Summer Dream e Mirotic (viciada já xD) ^^
Data de inscrição : 15/07/2008

MensagemAssunto: Re: Poemas - Incoerentes Caminhos   Qui Dez 04, 2008 1:25 pm

Gostei muito dos poemas ^^

Mantem-se aquela linha de mistério... Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Poemas - Incoerentes Caminhos   Hoje à(s) 8:38 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Poemas - Incoerentes Caminhos
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Por Que Poemas Goticos São Tão Lindos???
» Veríssimo é muito engraçado...
» Poesia portuguesa...
» Crimson Butterfly - Seu Doce Arrpendimento
» Qual desses poemas vocês ''recitariam'' para o Tokio Hotel ?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Dong Bang Shin Ki (DBSK/TVXQ) Portugal :: Divertimento :: Fanfic/Fanart-
Ir para: