Fórum Dong Bang Shin Ki (DBSK/TVXQ) Portugal

Conheces este grupo coreano com tanto sucesso? Então junta-te a nós, sejas fã ou queiras saber mais e diverte-te!
 
InícioPortalGaleriaFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposLogin

Compartilhe | 
 

 A Profecia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
shadows_owner
Photoshop Lady/Moderadora
Photoshop Lady/Moderadora


Feminino
Número de Mensagens : 862
Idade : 32
Localização : Normalmente no espaço... Lua é muito perto da Terra.
Emprego/lazer : O meu portatil XD
Humor : Muito... nem q seja morbido XD
Membro Preferido : YunHo - U-Know.... e mais Yunho... que se lixe o resto... YunHo é YunHo e não se fala mais nisso!
Música Preferida : Love in The Ice, Rising Sun, Purple Line, Darkness Eyes, Phantom, Hi Ya Ya Ya, Tri-Angle, Break Up The Shell, Hey (Don't Bring me down), Mirotic... Na verdade são todas as musicas deles! XD
Data de inscrição : 07/09/2008

MensagemAssunto: A Profecia   Sab Set 27, 2008 9:31 am

Bem... não sabia onde por isto pq n tem nada a ver com DBSK.

Mas pronto, gosto de uma opinião sobre o que faço.
Aqui fica a Introdução do meu livro. affraid affraid
Sim tou a tentar escrever um livro estou quase a terminar por isso se quiserem ler e dar uma opinião eu até agradeço... e não tenham problemas em por defeitos e criticar algo. Foi com defeitos e criticas que cheguei a este ponto (antes estava mil vezes pior do que está agora)

Obrigado e nunca se esqueçam:

DBSK Fighting!



Introdução

Sangue.
Pura e simplesmente sangue.
Foi a força do sangue que originou a profecia, a magia que nele existe.
Queria escrever outra coisa, esquecer, fingir que é mentira, ignorar... Pura e simplesmente não lembrar. Mas quando penso em tudo o que passou, sangue, é a primeira palavra que me ocorre. Sangue, nos seus muitos sentidos, mas ainda assim sangue. O sangue que foi derramado pelos milhares de inocentes, o sangue que marcou a história do Universo, o sangue mágico cuja linhagem provém dos primórdios da humanidade e ainda o sangue da amizade e da família que une as pessoas. Mas já passou muito tempo, tempo de mais.
Desde criança que ouço histórias, porções de vidas que não conheci e factos que nunca vou conhecer: como o cheiro do cabelo dela, a cor do seu sorriso, a jovialidade dos seus olhos que tanta gente encantaram, a melodia da sua voz ou a graciosidade da sua presença. Talvez no fundo seja a razão por que me disponho, frente ao ecrã em branco, a passar a digital o que me foram contando ao longo de toda a minha vida, mas, na sua grande maioria, é porque não quero que esta história, que passou a lenda, seja esquecida. Não posso de modo algum permitir que tal aconteça, não me ouso a tal. Faltam-me, no entanto, palavras para descrever sucintamente tudo quanto sei, nestas próximas páginas é isso que me predisponho a fazer.
O meu nome é Aylus, e por agora é só o que necessitas saber.
Não é do conhecimento dos Terrestres, mas as raças universais que se conhecem hoje descendem de um só povo: o Povo de Luz. Conhecemo-los apenas assim pois pouco se sabe deles a não ser que deram origem às 3 grandes primeiras raças: Ordors, Eycelirs e Deviars. Mas o Povo de Luz parece ter brincado com os destinos do universo pois não os criou todos iguais. Deixou todo o seu poder mágico aos Ordors, o poder do Dragão, e a capacidade de possuir um corpo animal, os poderes mais básicos aos Eycelirs sendo os Deviars apenas simples seres sem qualquer tipo de poder a não ser o da sua inteligência. Antes de desaparecem ou de fundirem com os Ordors, segundo algumas crenças, deixaram uma última oferta. As suas profecias nunca falhavam e esse poder profético passou para os Ordors... Mas a sua última profecia seria conhecida até aos dias de hoje, a última oferta do Povo de Luz aos seus descendentes foi a Profecia do Dragão, a mais terrível e avassaladora profecia alguma vez feita, o terrível destino dos 3 povos até ao último possuidor do seu sangue.
Tendo tomado o gosto à magia a essência pura dos Eycelirs foi começando a degradar-se à medida que a inveja e a ganância se apoderava deles, corrompendo a maioria dos Deviars pelo caminho, conspurcaram a sua essência começando a perseguir o povo Ordor acreditando que quando morressem o poder que possuíam passaria para si. Nada poderia ser mais errado. A mais poderosa sacerdotisa Ordor usou os seus milenares poderes para criar um meio de defesa para o seu povo pacífico e de simples gemas preciosas criou as Pedras Sagradas, às quais deu uma vida própria para que pudessem escolher, à nascença, os melhores e mais honrados guerreiros para que recebessem poderes para além da imaginação de qualquer criatura como instrumento para poderem, em tempo que se avizinhassem difíceis, proteger os inocentes das forças do mal. Os Guerreiros Dragão. A característica longevidade dos Ordors aliada aos seus imensos poderes, permitiu a Eirin Veemdracus, a Alta Sacerdotisa e líder dos Ordor, guiar inúmeras gerações de Guerreiros Dragão. A perseguição aos Ordors ficou conhecida como Morticínio e resultou na extinção tanto de Ordors como Eycelirs. Mas uma criança sobreviveu. Apenas uma. Num último esforço por salvar o seu povo, Eirin, deu a vida pelo filho, Assel Veemdracus, e a mulher, Shira, que eram os últimos dois Guerreiros Dragão vivos e também os últimos da sua raça, juntamente com os filhos, Ahrmus e Rehyus. Quando escapavam aos seus perseguidores num último confronto separaram-se da criança mais velha, Ahrmus, supondo a sua morte às mãos dos seus carrascos e mortalmente feridos fugiram para um planeta desabitado, um paraíso esquecido nos confins do universo, e lá, deixando o filho à sua sorte, perecendo e deixando-lhe a Rehyus as Pedras Sagradas, um diário, a Profecia do Dragão e o peso de ser o último da sua raça.
Apenas com 10 anos mas com o peso da imortalidade, quando o seu corpo atingisse os 20 anos, cansado de estar só, meses após a sua chegada ao planeta a qual deu o seu sobrenome por lá ter enterrado os pais, Rehyus criou uma civilização, um novo povo. Acompanhou-os até que achou que eram capazes de sobreviver sem ele e 100 após a sua chegada àquele planeta desapareceu sem deixar rasto. Assim a casa do Rei, Dracus, foi passando de geração em geração a lenda do Criador Rehyus Veemdracus.
Muitos anos após o seu desaparecimento surgiu outra lenda: a da Princesa Dragão. Mahiam Dracus subiu ao trono com apenas 12 anos por causa da morte dos pais num trágico acidente deixando-a e ao irmão, Erion, sozinhos. Com 15 anos ela foi uma das principais impulsionadoras da primeira aliança entre planetas, que, mais tarde, viria a ser substituída pela F.E., Força Estrelar, mas a razão pela qual todos a conhecem é porque, segundo a lenda, numa noite, e graças a um sonho, ela criou dois Dragões: o Dragão Branco e o Dragão Negro, duas criaturas opostas em essência. Reza a história que a culpa pelo que o seu poder criou a fez lutar contra o Dragão Negro, lado a lado com o Dragão Branco, até a morte. As suas últimas palavras ficaram famosas por estarem carregadas de raiva e uma promessa de vingança. Na memória de todos ficou o medo da criatura que pôs em causa a segurança do universo e que passou a assombrar o futuro e o passado mas também ficou a memória da criatura poderosa que os tinha salvado e que, graças a uma promessa, haveria de voltar para novamente os salvar. Com o tempo o Dragão Negro tomou a imagem do mal puro e o Dragão Branco a de um Deus. A pequena princesa que voltaria a encarnar para purgar de vez o mal ficou conhecida por Princesa Dragão e o seu nome verdadeiro perdeu-se nas brumas da memória de todos. Erion, o irmão mais novo de Mahiam, teve dois filhos e com medo que viesse a haver guerras pela coroa dividiu o reino em dois: Veemor e Dracus.
Todos quantos presenciaram estes acontecimentos passaram de geração em geração tanto do medo do terrível Dragão Negro, o senhor do mal que voltaria para os aniquilar como a esperança no Dragão Branco e na Princesa Dragão que haveriam de estar lá para os salvar e proteger. Assim a crença do Dragão Branco tornou-se numa fé e todos os acontecimentos que ninguém conseguia descrever em concreto foram convertidos em mito. O único que parecia conhecer ao certo todos os acontecimentos preferiu morrer com esse segredo e a áurea de mistério aumento.
A morte da princesa trouxe, no entanto, um novo medo: A Profecia do Dragão. Para muitos o destino do universo mostrava-se condenado ao fracasso mas para outros aquela menina que mostrara a luz e as trevas trazia também a esperança de um mundo melhor, unido e livre. Milhares de anos mais tarde, o universo refez-se e uma nova aliança entre planetas foi criada, mais forte e maior, continuando, no entanto, a aguardar pacientemente o regresso da Princesa e dos Guerreiros Dragão.
A fé por vezes é algo tal maleável, tão suave que parece não ser mais que um suspiro de uma vontade perdida que deu lugar a esperança. Mas as bases dessa fé são ainda mais ténues que ela própria e ao fim de tudo, após não haver mais vontade, após o fim da esperança, após o desvanecer da convicção… depois de tudo isto haver desaparecido o que nos resta? O meu pai disse-me um dia que quando tudo isto se esvanece, quando a nossa fé não passa de um engano, de mais uma mentira, o que nos resta é a coragem de continuar em frente.
É em Veemdracus que a história recomeça, marcada pela mão do destino e pela força do sangue.
Queria dizer algo sábio, escrever exaltações de glórias que foram, são e vão ser... Mas não consigo. Por mais maravilhosos que possam ter sido os seus feitos, por mais louváveis e sentidos nada trará de volta os que deram a vida pela causa que defendiam. Nada poderá trazer de volta todos os que morreram por causa de alguém que decidiu brincar com o destino do universo. Assim as palavras fogem-me e a tristeza volta a encher-me o espírito de mágoa, não sei o que o futuro me reserva mas nada se poderá jamais comparar com o que o destino reservava a 10 crianças inocentes que mal chegaram a viver a infância e a vida. Deixo-te, assim, aqui, no ponto em que tudo começou para a nova geração de Guerreiros Dragão, para que conheças a maior e mais famosa Lenda do universo.
Aqui te abro as páginas desta profecia manchada com o sangue dos inocentes que não fizeram mais que cumprir uma vontade que não era sua e um destino que os marcou desde o berço. Sangue da carne pura que foi rasgada pelas presas do mal e derramado no destino dos inocentes.

_________________
Ritmo DBSK Fighting!




Godzilla strikes back! Muahahahahah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dongbangshinki-portugal.blogspot.com/
Lili
Bramble Odisseia
Bramble Odisseia


Feminino
Número de Mensagens : 648
Idade : 27
Localização : Madeira
Emprego/lazer : Estudante
Humor : Mais feliz não podia estar :D
Membro Preferido : Yunho *.*
Música Preferida : Love in the ice, O, Tri-Angle, Dead End, Miduhyo, The Way U Are, Crazy Life, Rising Sun, Insa, Footsteps, One, Holding back the tears, A Heartbeat Away, Free Your Mind, Dangerous Mind, Mirotic, Wrong Number, Hey! (Don´t Bring Me Down), Force, Picture of you, survivor, Take your hands, Break Out, Shelter(Jae/Yoo)

Data de inscrição : 16/02/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Sab Set 27, 2008 9:53 am

Adoroooooooooooooo!!!! Está tão bem escrita e consegues transmitir todos os sentimentos em cada palavra.

E essa história mostra que será muito interessante e cheia de emoção :amor:

Tens muito talento na escrita.

_________________

시아준수 * 믹키유천 * 영웅재중 * 최강창민 * 유노윤호
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dbskportugal.forumeiros.com
ariatas
Fã de Ouro
Fã de Ouro


Feminino
Número de Mensagens : 434
Idade : 25
Localização : Queluz
Humor : ... desesperada... aulas...
Membro Preferido : hmmm... jaejoong?... micky?.... não.. talvez o yunho!...não... changmin? ou o junsu!!! ahhh não consigo decidir T.T são tds tão perfeitos... ^^
Música Preferida : ahhh sao todas!!! mas love in the ice, begin... são talvez aquelas de que não me canso de ouvir ^^'
Data de inscrição : 04/07/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Dom Set 28, 2008 1:23 pm

:(oh):

wow.. um livro... e a história!! kyah! eu adoro histórias assim, senhor dos aneis, eragon, harry potter, adoro estas histórias de fantasia e de novos mundos.... principalmente se forem bem escritas.... e posso te já dizer.... que a tua está mt bem escrita! se publicares o livro eu comproooo!! :(ui): :(ui):
parece ser muito interessante e mal posso esperar pelo teu update!!
mt obrigada!
bjs :bjs:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
nayomira
Deusa Odisseia
Deusa Odisseia


Feminino
Número de Mensagens : 1755
Idade : 26
Localização : Salamanca - Bragança xDDD
Emprego/lazer : Estudante da Faculdade nos tempos livrx! lol!
Humor : I wanna be a froggieeeee! XD
Membro Preferido : Junsu-oppa~ em primeiru lugar....depois vem o Junsu~oppa!!! muhaha!
Música Preferida : Darkness Eyes, Purple Line, Love in the Ice, Kiss Shita Mama Sayounara, Dead End, Rising Sun, O, Choseey Lover, The way you are, Tri-Angle, Doushite Kimi wo Suki ni Natte Shimattan Darou, MIROTIC, Wrong Number, 9095, etc etc! xD
Data de inscrição : 01/04/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Seg Set 29, 2008 5:50 am

Juntas elementos misticos muito bonitos e maneira como escreves capta muito apesar de por vezes ter a sebsação que queres explicar tanta coisa que acabas por me confundir um pouco! lol! xD ou entao porque eu sou de compreensao lenta..provavelmente a ultima! :-.-: :-.-:

de quealquer maneira---adoro!!!!! é uma historia fluida, bonita, original e acima de tudo bem escrita *é muuuito dificil de encontrar uma historia bem escrita nos dias de hoje...* por isso, estou com a ariatas, se publicares o livro *desejo-te toda a sorte para isso* eu compro!!!!!! ^^ adoro ler e a tua escrita capta-me muito! =)

_________________
FANFICS:

[Link]


[link]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
shadows_owner
Photoshop Lady/Moderadora
Photoshop Lady/Moderadora


Feminino
Número de Mensagens : 862
Idade : 32
Localização : Normalmente no espaço... Lua é muito perto da Terra.
Emprego/lazer : O meu portatil XD
Humor : Muito... nem q seja morbido XD
Membro Preferido : YunHo - U-Know.... e mais Yunho... que se lixe o resto... YunHo é YunHo e não se fala mais nisso!
Música Preferida : Love in The Ice, Rising Sun, Purple Line, Darkness Eyes, Phantom, Hi Ya Ya Ya, Tri-Angle, Break Up The Shell, Hey (Don't Bring me down), Mirotic... Na verdade são todas as musicas deles! XD
Data de inscrição : 07/09/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Seg Set 29, 2008 8:33 am

Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed

brigado meninas...

*Proud*


Assim q poder ponho o prólogo!

Brigado pelos comentários, Nayomira-sama vou tentar melhorar, então!

Posso apenas adiantar q é um pequeno projecto com, neste momento 306 páginas e que devem faltam outras 100.
Mas ainda bem que gostaram, espanta-me não terem estranhado os nomes marados...
:rir: :rir:

DBSK Fighting!

_________________
Ritmo DBSK Fighting!




Godzilla strikes back! Muahahahahah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dongbangshinki-portugal.blogspot.com/
Milu
Fã de Ouro
Fã de Ouro


Feminino
Número de Mensagens : 275
Idade : 22
Localização : Leiria *-*
Emprego/lazer : Que pergunta.. --'
Humor : Demasiado extravagante! XD
Membro Preferido : Yunho, Yunho e YUNHO! <3 (e depois o Changmin xDD)
Música Preferida : Love in the Ice; Darkness Eyes; O; Rising Sun; Purple Line; Tri-Angle; Box in the Ship; Drive; Doushite; MIROTIC; E não me peçam para por aqui a lista toda xDD
Data de inscrição : 16/08/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Sab Out 04, 2008 5:49 am

OMG, OMG, OMG isso promete *-*
Mistério, Sangue, MONTES d sangue *_*

Escrevee xDD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://munny.pt.vu
nayomira
Deusa Odisseia
Deusa Odisseia


Feminino
Número de Mensagens : 1755
Idade : 26
Localização : Salamanca - Bragança xDDD
Emprego/lazer : Estudante da Faculdade nos tempos livrx! lol!
Humor : I wanna be a froggieeeee! XD
Membro Preferido : Junsu-oppa~ em primeiru lugar....depois vem o Junsu~oppa!!! muhaha!
Música Preferida : Darkness Eyes, Purple Line, Love in the Ice, Kiss Shita Mama Sayounara, Dead End, Rising Sun, O, Choseey Lover, The way you are, Tri-Angle, Doushite Kimi wo Suki ni Natte Shimattan Darou, MIROTIC, Wrong Number, 9095, etc etc! xD
Data de inscrição : 01/04/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Sab Out 04, 2008 8:55 am

shadows_owner escreveu:
Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed

brigado meninas...

*Proud*


Assim q poder ponho o prólogo!

Brigado pelos comentários, Nayomira-sama vou tentar melhorar, então!

Posso apenas adiantar q é um pequeno projecto com, neste momento 306 páginas e que devem faltam outras 100.
Mas ainda bem que gostaram, espanta-me não terem estranhado os nomes marados...
:rir: :rir:

DBSK Fighting!

hehehe!!!! brigada! ainda bem que nao ficaste xateada! xDD

fixeeeee!!! eu ja disse, se o publicares, compro!! hehe! e apostu que ja tens aqui mais gente que o compra!!! hehehee

sana-nee-sama, fighting!!! ^^

_________________
FANFICS:

[Link]


[link]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
shadows_owner
Photoshop Lady/Moderadora
Photoshop Lady/Moderadora


Feminino
Número de Mensagens : 862
Idade : 32
Localização : Normalmente no espaço... Lua é muito perto da Terra.
Emprego/lazer : O meu portatil XD
Humor : Muito... nem q seja morbido XD
Membro Preferido : YunHo - U-Know.... e mais Yunho... que se lixe o resto... YunHo é YunHo e não se fala mais nisso!
Música Preferida : Love in The Ice, Rising Sun, Purple Line, Darkness Eyes, Phantom, Hi Ya Ya Ya, Tri-Angle, Break Up The Shell, Hey (Don't Bring me down), Mirotic... Na verdade são todas as musicas deles! XD
Data de inscrição : 07/09/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Qui Out 09, 2008 1:13 pm

Mais um bocadinho!
Espero que gostem

DBSK Fighting!




Prólogo





A terra parecia tremer sob o luar em tons de azul adensado pelo nevoeiro que se movia lentamente vindo das profundezas da floresta que se estendia até onde a vista podia alcançar juntando tons negros à cortina azulada dando-lhe um ar e um tom irreal. O que fazia realmente tremer a terra eram, na verdade, as patas dos cavalos que voavam sobre o manto macio que cobria o solo e brilhava com as gotas de névoa sob a lua imperial que reinava lá no alto. Pareciam movidos pelo desespero porque continuavam a incitar os cavalos a correr mais e mais depressa. O silêncio quebrado ritmicamente pelo bater dos cascos no solo macio era como uma melodia macabra que anunciava mau presságio. As árvores começaram a ficar mais espaçadas e a densidade da floresta começou a diminuir à medida que avançavam.
O pensamento que lhe inundava a mente à muito que passara de uma incerteza a uma suplica: “Eles tinham de estar vivos, tinham que estar!”. Era demasiado degradante morrerem naquela emboscada barata, no entanto, sabia-os pouco preparados para o enfrentar, não a ele. Percebera tarde de mais que caminhavam para uma emboscada. Ele tinha de chegar a tempo. Como se deixara enganar tão facilmente?
Por fim a clareira começou a avistar-se. Tinham de estar ali, só podiam ter sido emboscados ali, era o melhor sítio para isso. Mal o cavalo entrou na clareira o cheiro acre e metalizado a sangue encheu-lhe os pulmões. Macabramente alinhados com as gargantas dilaceradas manchando a erva rasteira de tons avermelhados estavam sete corpos que, de olhos vazios para a vida, fixavam o céu estrelado. Faltavam dois. Seria possível que estivessem vivos? Mas a esperança desvaneceu ao avistar, deitado mais a frente, um corpo cujos cabelos dourados se espalhavam a sua volta, brilhando sob o luar. Correu para junto dela mas já não respirava, pelo gelo do seu corpo à muito que não fazia.
O corpo sem vida apertava mortalmente a mão do corpo ao seu lado, parecia ter-se arrastado até ali usando as poucas forças que lhe haviam restado para morrer junto da pessoa que amava mais que tudo no universo. O vestido, outrora branco, estava completamente manchado de vermelho e o seu perfume de flores de jasmim misturava-se com o cheiro impregnante do seu sangue. Era claro que ele morrera antes dela, provavelmente para a tentar salvar.
Mandou todos quantos o haviam acompanhado embora mas eles protestaram que ele precisaria de ajuda. Sabia bem o caminho de volta e após nova insistência deles um último berro da sua parte e eles partiram indignados e com a alma partida frente à atrocidade que haviam presenciado.
Ajoelhou-se ao lado do corpo dela. Ainda não era tarde e havia uma hipótese para todos eles. Não lhes poderia dar a vida de volta mas fá-los-ia encarnar numa outra vida. Chamou a si toda a força e o conhecimento que aprendera com o pai dela. Era complicado efectuar aquele feitiço devido à concentração energia que era exigida, se falhasse juntar-se-ia a eles no seu leito de morte. Era, no entanto, um risco que estava disposto a correr desde que aquelas chamas não fossem perdidas. Ainda tinham muitos obstáculos, havia tanto para eles verem tanto para viver. Aquele monstro iria pagar, tinham de o derrotar.
O nevoeiro dissipou-se à sua volta e uma aura mágica encheu o ar. As estrelas lá em cima pareceram brilhar mais intensamente quando começou a citar, baixinho, as antigas palavras sagradas que tão bem conhecia mas que tanto medo lhe inspirava. Agora, sem outra escolha que pudesse tomar, não havia outra opção. O ar começou a andar mais depressa e a brisa suave tornou-se tempestade cobrindo o céu limpo de nuvens espessas e negras como a noite que os rodeava. Relâmpagos emergiram dos céus iluminando a escuridão que se impusera com a sua luz volátil. A sua figura delgada brilhava e pouco depois também os seus corpos começaram a brilhar. Levitaram por segundos e depois desapareceram na noite com o mais forte e ultimo dos trovões. Marthim ficou só. A chuva começou a cair lavando aquela chacina à sua passagem e deixando-o molhado e gelado até aos ossos aumentando a fadiga que o feitiço lhe exigira. Na sua mão ficou apenas um pequeno pendente de diamante em forma de dragão alado. O pendente que ela usava e que o rapaz lhe oferecera.
A espera pelo seu retorno seria desmedida e solitária. Quantos mais inocentes teriam de sofrer por causa da raiva de uma só criatura?

_________________
Ritmo DBSK Fighting!




Godzilla strikes back! Muahahahahah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dongbangshinki-portugal.blogspot.com/
Milu
Fã de Ouro
Fã de Ouro


Feminino
Número de Mensagens : 275
Idade : 22
Localização : Leiria *-*
Emprego/lazer : Que pergunta.. --'
Humor : Demasiado extravagante! XD
Membro Preferido : Yunho, Yunho e YUNHO! <3 (e depois o Changmin xDD)
Música Preferida : Love in the Ice; Darkness Eyes; O; Rising Sun; Purple Line; Tri-Angle; Box in the Ship; Drive; Doushite; MIROTIC; E não me peçam para por aqui a lista toda xDD
Data de inscrição : 16/08/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Qui Out 09, 2008 2:06 pm

Tao mistico e misterioso *-*
Bebi cada palavra que escreveste! Nao tenho jeito para escrever suspense deste tipo! xD

Continua continua! *_____*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://munny.pt.vu
shadows_owner
Photoshop Lady/Moderadora
Photoshop Lady/Moderadora


Feminino
Número de Mensagens : 862
Idade : 32
Localização : Normalmente no espaço... Lua é muito perto da Terra.
Emprego/lazer : O meu portatil XD
Humor : Muito... nem q seja morbido XD
Membro Preferido : YunHo - U-Know.... e mais Yunho... que se lixe o resto... YunHo é YunHo e não se fala mais nisso!
Música Preferida : Love in The Ice, Rising Sun, Purple Line, Darkness Eyes, Phantom, Hi Ya Ya Ya, Tri-Angle, Break Up The Shell, Hey (Don't Bring me down), Mirotic... Na verdade são todas as musicas deles! XD
Data de inscrição : 07/09/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Qui Out 09, 2008 2:19 pm

Oh mana! Tas engana!

Eu acho q tens bastante jeito, até porque adorei a tua fanfic!
Lembras-t?

DBSK Fighting!

_________________
Ritmo DBSK Fighting!




Godzilla strikes back! Muahahahahah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dongbangshinki-portugal.blogspot.com/
ariatas
Fã de Ouro
Fã de Ouro


Feminino
Número de Mensagens : 434
Idade : 25
Localização : Queluz
Humor : ... desesperada... aulas...
Membro Preferido : hmmm... jaejoong?... micky?.... não.. talvez o yunho!...não... changmin? ou o junsu!!! ahhh não consigo decidir T.T são tds tão perfeitos... ^^
Música Preferida : ahhh sao todas!!! mas love in the ice, begin... são talvez aquelas de que não me canso de ouvir ^^'
Data de inscrição : 04/07/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Qui Out 09, 2008 3:17 pm

kyah! ta tao giro! ahhhh cliffhanger! quem sao? ahhhh eu nao sei nada... isto é pior que tudooo....
='( como me podes fazer isto sana-neesan? :xoro: deixar assim...
mal posso esperar... a historia parece tao interessante!
ai! quero ler mais....
vou esperar (im)pacientemente ( :(hihi): ) pelo update!
bjs :bjs:

continua o bom trabalho!!!! :(ui): :(ui):
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
shadows_owner
Photoshop Lady/Moderadora
Photoshop Lady/Moderadora


Feminino
Número de Mensagens : 862
Idade : 32
Localização : Normalmente no espaço... Lua é muito perto da Terra.
Emprego/lazer : O meu portatil XD
Humor : Muito... nem q seja morbido XD
Membro Preferido : YunHo - U-Know.... e mais Yunho... que se lixe o resto... YunHo é YunHo e não se fala mais nisso!
Música Preferida : Love in The Ice, Rising Sun, Purple Line, Darkness Eyes, Phantom, Hi Ya Ya Ya, Tri-Angle, Break Up The Shell, Hey (Don't Bring me down), Mirotic... Na verdade são todas as musicas deles! XD
Data de inscrição : 07/09/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Sex Out 10, 2008 2:06 pm

Pronto a pedido da Aninhas (a minha irmã tb se chama Ana, que giro) aqui fica o primeiro capitulo. Lamento desde já erros, gafes e outras coisas de mais.
Aproveito também para recordar que tudo isto é RAW. Pode (aliás vai) sofrer alterações... mas pelo menos teem uma idea,
:(hihi): :(hihi): :(hihi):

Espero que Gostem.

DBSK Fighting!


P.S. Deixem-me primeiro explicar pq do livro 1, o livro está divido em três livros: O Regresso dos escolhidos, Renascer das Cinzas e A Derradeira Batalha (os nomes podem mudar). Está dividido porque são fases diferentes e convem dividir por causa de coisas q veem d trás (qd digo de trás digo 10 anos atrás, qd me surgio a ideia dos Guerreiros Dragão). Comecei a escrever o livro com 13 anos e muito do que está escrito ainda não foi revisto, infelizmente tenho tido muitos contratempos com este livro. No que toca ao primeiro captulo estou muito, mas mm muito aberta a conselhos e criticas. Obrigado pela compreensão.
:bjs: :bjs:



Livro I
O Regresso dos Escolhidos



O Livro Misterioso




A erva rasteira ondulava suavemente ao sabor da brisa morna que se fazia sentir. As roupas negras esvoaçavam ao sabor do vento como que tomadas de vida, a estava coberta pelo capuz negro das vestes. Um outro homem de vestes pretas e cor-de-laranja aproximou-se, o homem de negro pareceu nem se importar com a sua presença. A tenção era tão forte que parecia eléctrica, o homem parecia contemplar o vazio, para lá da luxuriante vegetação, das árvores verdes e douradas. O vento começou a andar mais depressa. Levantou a mão enluvada de negro e o outro homem pareceu desmaterializar-se como se de uma ilusão se tratasse.
Um riso agudo encheu o prado fazendo os animais fugirem assustados. As aves voaram das árvores e os coelhos e outros animais correram temendo pelas suas vidas e então um silêncio de gelo imperou no prado verde como se a mais fria das noites de Inverno reinasse no vale, como se este não passasse de um local ermo e sem vida, embora fosse um solarengo dia de primavera. O homem baixou o capuz e um sorriso malévolo de fazer gelar qualquer ser vivo abriu-se no seu rosto até ser um esgar aterrador, olhou a sua volta, aquele planeta era de tal modo pegajoso que dava repulsa… Era demasiado parecido com Veemdracus para ser verdade. Malditos humanos, ninguém os tinha mandado meterem-se onde não tinham sido chamados, iam ver… o universo inteiro ia ser testemunha. Criatura alguma lhe fazia frente e escapava impune, o universo ia pagar muito caro, os humanos seriam o exemplo, o começo, um ponto de partida; aquela seria a primeira de muitas raças a pagar um alto preço por o terem ignorado, aquele corpo faria milagres nas suas mãos, já os havia feito antes.
Voltou a sorrir. Adorava brincar com a presa antes de a aniquilar, iria fazer os humanos arrependerem-se das suas malditas raízes antes de acabar com eles mas principalmente: ela. Aquele era o momento para a sua vingança, estava na hora de por o seu plano em prática, aquela criatura louca arrepender-se-ia do dia em que ousou desafia-lo. Ninguém o desafiava e vivia, haveria faze-la pagar por quase o ter morto. Á sua ira não ia escapar grão de pó para poder contestar. A humilhação que sofrera iria sair muito cara.
Qual maldito Dragão Branco haveria de pará-lo? “Aqueles malditos idiotas idealistas vão pagar caro a estupidez dos seus antepassados.” Pensava enquanto olhava a repugnante paisagem. O seu plano estava em movimento, os seus enviados a caminho. A sua Guerra iria finalmente começar, aguardara aquele momento durante milénios, ele iria vencer, aqueles pacóvios não tinham qualquer hipótese contra a imensidão dos seus poderes, contra a enormidade do exército que ele detinha, contra a vastidão do seu intelecto ou mesmo contra a infinidade que ele representava; a sua existência não seria exterminada enquanto uma única célula, uma única molécula do seu ser existisse.
Guerreiro Dragão algum poderia superar isso. Não o haviam derrotado até ali e esse fora o maior de todos os seus erros, haveriam todos de pagar com a dor tortuosa dos seus corpos e alma. As peças tinham sido movidas, a guerra iria começar! Sangue por Sangue.

***

– Achas que é seguro? – perguntou a mulher cujos longos cabelos loiros que lhe caíam numa cascata de caracóis sobre os ombros, os olhos azuis cintilavam como safiras na noite simplesmente iluminada pela lua cheia que ofuscava o brilho das estrelas de um céu limpo magnífico. – Quero dizer… é uma lenda mas também é minha filha! Mesmo as lendas precisam de uma mãe.
O homem estendeu o braço, a um simples gesto da sua mão enluvada uma janela no cimo do edifício abriu-se. Elevaram-se graciosamente, a mulher puxou o carapuço da sua enorme capa escarlate, este cobriu os seus longos e belos cabelos. Por entre o emaranhado de tecidos que trazia nos braços uma pequenina mãozinha pálida podia ver-se. Entraram pela janela. O homem estendeu os braços para lhe tirar o bebé, ela, ainda relutante entregou-lhe a criança.
– Não temas! Se alguém consegue, esse alguém é ela. – disse o homem de cabelos curtos também loiros e olhos igualmente azuis. Pousou a criança de poucos dias num dos berços, o bebé dormia calmamente, enquanto todos os outros bebés à sua volta gritavam uma melodia própria do lugar onde se encontravam. – Além do mais, estes jovens pais ficaram sem a filha e não o sabem, esta menina vai substituir a filha deles por algum tempo, ou talvez para sempre, quem sabe?
A mulher quase saltou sobre ele: – Que queres dizer? Ela não pode!
– Pode sim! Mas não o vai fazer. Pobre anjo! Mal nasceu e já suporta um peso tão grande. Dorme meu anjo, dorme, pois em breve saberás o quão bem te teria feito! Dorme enquanto o Universo te observa na esperança. – dito isto tirou das vestes longas um fio com um simples coração de rubi com as iniciais S e M gravadas a ouro. Um brilhante fio de ouro com um dragão a agarrar meia estrela pode observar-se por momentos enquanto ele retirava o fio de prata. O coração tinhas as iniciais de um lado separadas do outro sobrepostas. O homem colocou-o ao pescoço do bebé. – Vamos minha irmã, a nossa missão aqui está completa. Temos que ir antes que se acerque alguém.
A mulher aproximou-se do bebé e deu-lhe um leve beijo na testa, os seus cabelos macios deslizaram pelas mãos da criança que instintivamente lhes fechou as pequeninas mãos em volta. – Adeus minha filha, espero ver-te muito em breve. Vigiar-te-ei como o teu anjo-da-guarda. Ao afastarem-se a atenção deles caio sobre um outro berço. Um menino de também poucos dias dormia angelicamente. – É ele não é? – perguntou ela.
– É, minha irmã! É ele. – disse o homem acercando-se do bebé. – A história vai começar toda de novo. É um longo caminho a percorrer, há que ter paciência e encarar o que se aproxima. A lenda… continua!

***

_________________
Ritmo DBSK Fighting!




Godzilla strikes back! Muahahahahah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dongbangshinki-portugal.blogspot.com/
shadows_owner
Photoshop Lady/Moderadora
Photoshop Lady/Moderadora


Feminino
Número de Mensagens : 862
Idade : 32
Localização : Normalmente no espaço... Lua é muito perto da Terra.
Emprego/lazer : O meu portatil XD
Humor : Muito... nem q seja morbido XD
Membro Preferido : YunHo - U-Know.... e mais Yunho... que se lixe o resto... YunHo é YunHo e não se fala mais nisso!
Música Preferida : Love in The Ice, Rising Sun, Purple Line, Darkness Eyes, Phantom, Hi Ya Ya Ya, Tri-Angle, Break Up The Shell, Hey (Don't Bring me down), Mirotic... Na verdade são todas as musicas deles! XD
Data de inscrição : 07/09/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Sex Out 10, 2008 2:06 pm

[sorry o double post mas tive q dividir pq era mt grande]




15 anos depois

Esta história recomeça numa sala de aula de português, uma sala comum com alunos como tantos outros e uma professora de português como qualquer outra. Embora fosse uma das turmas do 8º ano e supostamente os alunos já não se comportarem como crianças, era uma turma típica com alunos que pareciam alienar-se uns dos outros como se de um qualquer ritual se tratasse. Era como se a partir do fatídico momento que haviam posto pé naquela escola tivessem que pertencer a um grupo onde apenas havia pré-conceitos… sim, nada era novo cada um tinha que se comportar como tinha que se comportar, tinham que estar bem para os outros e não para si próprios. Havia os certinhos, que estudam para tudo e mais alguma coisa em prol daquilo que tinham que ser amanhã, em prol do que, mais ou menos estrito, os pais lhes haviam imposto como mínimo; os broncos, que adoravam arranjar confusão pois estava em causa a sua reputação de maus e ser mau era aquilo para que viviam; os extraterrestres, que pareciam autênticos freeks futuristas onde tudo era out mas nada conseguia estar in suficiente; os excluídos, que por muito que se esforcem serão sempre postos de parte; os solitários, que vagueiam sem rumo procurando quem os procure dentro das suas trevas auto-incutidas; os famosos, que viviam cercados de falsos amigos e para quem todos os outros eram bichos e apenas eles eram gente decente; no entanto, e este caso é a única excepção, por vezes, quase que por raridade, aparece um pequeno grupo onde a amizade é o único e maioritário elo entre todos, aquela preciosa raridade onde a amizade lhes limpa a consciência e o ser de modo a que não passem a vida a falar de quem namora quem, ou a tentar engraxar as botas a tudo quanto é professor, ou a bater em tudo quanto mexe, mas que também não querem chamar a atenção com roupas extravagantes; talvez esse seja o grupo dos sobreviventes, mas são de todos aqueles que apenas querem divertir-se enquanto aprendem a ser adultos. Nesta turma 7 pertenciam a esse grupo. Muito embora todos os outros tentassem chamar a sua atenção não percebiam porque andavam todos tão interessados em sobressair acima de todos os outros.
Na aula anterior haviam feito a planificação de livros a ler, tanto os que teriam de ler integralmente como aqueles dos quais apenas teriam que estudar excertos. Era quase um martírio ter que saber de antemão todo o tédio que teriam que padecer até ao fim do ano escolar, embora cada um tivesse preferência por um ou outro livro que até achassem interessante sabiam que muito, talvez a grande maioria, seria um total aborrecimento.
Para seu grande espanto a professora acabara de sumariar que seria a continuação da aula anterior, muito embora já tivessem concluído a planificação... e até já tinham encomendado os livros. Não conseguiam acreditar que ainda havia mais, começavam a acreditar que aquele seria mesmo o mais entediante ano escolar que alguma vez haviam tido naquela disciplina.
– Prestem atenção! – pediu a professora num tom que os fez olha-la num silêncio quase sepulcral, aquela professa exprimia ordens, não fazia pedidos brandos como acabara de fazer – Hoje, já que é impossível dar-mos a obra integralmente, vamos analisar um excerto. Gostaria de voluntários para uma leitura expressiva de um excerto de um dos livros que estavam recomendados.
Marinela Antunes, a professora de português, havia sido a professora daquela turma no ano anterior e este ano fora, além de novamente professora naquela disciplina, a directora de turma. Era conhecida por ser uma professora bastante rigorosa mas que recompensava quem trabalhava, pois apesar de parecer dura era bastante condescendente e mesmo benevolente para com os alunos que sabiam apreciar o que ela ensinava e a sua maneira de ser.
– Eu! – ouviu-se por toda a sala. Vários alunos tinham levantado o braço, desejosos de participar na leitura, uns de curiosidade outros por pura e simplesmente gostarem realmente de o fazer… mas como sempre na sua maioria apenas queriam sobressair.
– Ora vejamos... João tu podes ser o narrador, Adelaide tu és a Catherine, Sónia tu podes ser a Garany, Carla tu és a Serewana... alguém com voz grossa... Brás, Tiago tu vais ser o Dragão Negro e Vítor tu és o Rei...
– Tinha de sobrar para mim o papel de mau da fita! – exclamou Tiago Brás insatisfeito com aquela deliberação de papéis.
– Queres ler ou não?! Se não lê o Sardinha! – ameaçou falsamente a professora para o convencer a ler.
– Eu leio! – exclamou ele relutante. A professora acabou a distribuição das personagens e deu início a leitura.
Enquanto os alunos liam o excerto a professora notou que tanto os que liam como os que apenas ouviam, estavam bastante concentrados... como se realmente estivessem a encarnar as personagens e a vive-la. Parecia que, pela primeira vez naquela turma, estavam mesmo a gostar do que estavam a ler. Era natural que a sua atenção fosse difícil de cativar. Eram jovens e necessitavam de incentivos. Aquela parecera-lhe a melhor maneira de os cativar para o novo ano. Português era para eles a disciplina “seca”, aquela que tinha escassos ou nenhum adeptos.
– Estou francamente espantada com vocês! Estiveram muito bem! Gostaram? – perguntou ela, embora os quisesse cativar com aquela leitura nunca esperara tão grande sucesso.
– É espectacular! A que livro pertence? – perguntou uma jovem de cabelos castanhos-claros na fila de trás, o seu nome era Margarida.
– Está no final do excerto, ora leiam! – insistiu a Marinela.
– “A Lenda da Princesa Dragão”! É Chinesa? – perguntou Rafael à professora.
– Lá vens tu com as tuas piadinhas! Não, Rafael! Não é chinesa, nem tudo o que tem a ver com Dragões tem que ser chinês ou japonês! Na verdade não se sabe a sua origem! – explicou Marinela. Sónia, a namorada de Rafael, olhou-o de forma reprovadora; embora parecessem não se entender eram muito unidos.
– Nem o autor! – observou Eduardo. Apesar de sentado ao lado de Rafael, era um dos geniozinhos da turma e um dos mais divertidos.
A professora olhou-os e pensou duas vezes. Dizer ou não dizer? Eles estavam motivados e faziam perguntas, o que era raro. Respirou fundo, um pouco de curiosidade faria deles bons leitores: – Tens razão Eduardo, não há autor. Também não se sabe quem o escreveu. Apenas existe um exemplar deste livro em toda a Terra.
Por toda a sala ouviu-se um sonante “UAU” que fez Marinela recear, esperava não estar a ir longe de mais: – O exemplar encontra-se aqui na escola. – disse ela numa voz débil, como que a medo.
– Aqui? E podemos lê-lo? – perguntou Adelaide, os olhos castanhos escondidos por trás de um singular mas humilde par de óculos, revelava que a sua sede de conhecimento era imensa; no entanto preferia os livros de história da humanidade as histórias, que como ela dizia, de nada serviam ao conhecimento da humanidade.
– Lamento mas o livro está interdito a uso.
Lamentava esse facto profundamente. Não podia ir mais longe. Mas o que a professora estranhou foi ser o grupinho que ela apelidara como “Intocáveis”, se interessasse tanto por o livro e pela história. Chamava-lhes assim porque pareciam estar a parte de tudo mas tinham sempre boas notas, não se interessavam por trivialidades como os demais… pareciam adultos em pequenos corpos.
– Porquê? – interrogaram todos, também eles pareciam despontados com o facto de o livro estar interdito a uso dos alunos.
As perguntas começaram a chover como uma tempestade sobre ela. Tinha ido longe demais. Deveria ter estado calada, no entanto sentiu que deveria dizer-lhes a razão porque ninguém podia tocar no livro – Porque está amaldiçoado.
– E desde quando é que a setora acredita nessas coisas?! – perguntou uma voz incrédula do fundo da sala. Só podia ser Leonel, o céptico de olhos azuis penetrantes. Podia ver-se naqueles olhos a luz gélida da sua inteligência, a luz quente parecia apenas aparecer quando se juntava ao seu grupinho de intocáveis e a namorada.
– Bem... tens razão, não acredito, mas quando se trata de evidências a ciência é colocada de parte. – explicou ela.
Margarida olhou-a com espanto: – Evidências?
– Muitas pessoas desapareceram quando tentaram alcançar o prémio…
– Prémio? – perguntou Ruben. – Há um prémio?
– Sim! – disse ela – Diz-se que quem conseguir entrar no livro e acabar a sua história ganhará a honra e o privilégio de ser um Guerreiro Dragão, famoso em todo o Universo. – tinha de se conter naquilo que lhes contava – Desde há muito tempo que muitos buscam esse livro. Acham que lhes pode dar a vida eterna e conhecimento infinito. Na minha mais sincera opinião idiotices. As páginas daquele livro parecem conter um qualquer tipo de droga que faz quem o lê cometer loucuras.
– Universo?! Uau! – exclamou ele. Pareciam todos levados por uma magia superior. Por instantes a professora temeu que eles tivessem ideias perigosas e tentassem roubar, ou pior, ler o livro. Era raro acreditar em maldições, mas dos seus anos de experiência aprendera a não subestimar nada, em especial quando tantos tinham desaparecido em favor daquele livro maldito; daquele livro cuja existência começara em parte incerta e por mãos desconhecidas que nunca ninguém conseguira realmente apurar.
– Famosos Guerreiros Dragão? – perguntou Rafael com um sorriso de raposa – Então porque nunca ouvi falar de tal coisa? Isso só pode ser alguma cena marada de chineses ou japoneses.
Leonel deu uma cotovelada em Rafael: – Aposto que devem ser um grupo qualquer de ninjas ou samurais mais ou menos famosos e um gajo qualquer da altura, com uns copitos a mais, lembrou-se de escrever uma idiotice qualquer para que outros malucos acreditassem. – suspirou profundamente irritado com a cara de idiotas dos colegas, coitados pareciam burros a olhar para um palácio – Aposto que os tipos que supostamente morreram se esconderam num buraco bem fundo para ninguém se aperceber o quão burros haviam sido por terem passado a vida a procura de um monte de tretas escritas por um tipo bêbado e sem mais nada que fazer!
A professora repreendeu ambos.
– Guerreiros Dragão. – suspirou Alexandre – Então eles existem mesmo? Então isso quer dizer que...
Alexandre era irmão de Leonel, no entanto, embora fossem muito amigos as suas personalidades diferiam e os olhos azuis tão característicos de ambos mostrava a diferença que havia: enquanto os olhos de Leonel reflectiam um cepticismo gelado, os de Alexandre mostravam a força da sua vontade de ferro, como se naquele olhar estivessem encarcerados milhares de anos de erudição.
– Não comeces com ideias Alexandre! – avisou Marinela.
– Não me vai dizer que acha que nos vai acontecer algo só por ler um livro!? – argumentou Alexandre sarcástico, também ele estranhava aquele comportamento por parte da professora que costumava ser tão céptica quanto aquele tipo de temas.
– Sim! O Alex tem razão! Afinal de contas em que consiste essa tal maldição!? – perguntou Nuno, um outro aluno, costumava irritar a professora porque embora demonstrasse ser inteligente preferia levar tudo para o lado do desporto e não se importar com nada.
Marinela olhou-os indignada: – Ora, não acho que seja necessário! Não vos quero perto daquele livro! Estamos entendidos!?
– Mas agora que tocou no assunto podia ao menos dizer-nos qual é a maldição! – insistiu Rafael. Fez o seu sorriso de raposa e olhou alguns colegas – Ou será que a setora tem medo de nos contar? É assim tão aterradora? Vá lá, conte.
A professora fez um ar reprovador: – Rafael!
– Sim, podia contar! – apoio um outro aluno.
– Não posso! Se vos conto ainda é pior!
– Vá lá setora! Conte-nos! – persistiu também Carla, a melhor amiga de Margarida, ambas se adoravam e psicologicamente eram bastante parecidas, a única disparidade entre ambas eram os cabelos ruivos de Carla frente aos cabelos castanhos-claros de Margarida.
– Não! – negou ela.
Uma das alunas riu: – Mas setora, que pode haver assim tão malévolo numa história? Que maldição nos faria mal!? Isso não existe!
– A Sara tem razão. Além de que adiantará do mesmo, se não nos contar a curiosidade só vai aumentar e aí é que vamos mesmo querer lê-la! – explicou Sónia mostrando que a sua diferença de altura para com os colegas se afincava também na sua diferença de intelecto, normalmente teria rido e zombado da situação, aquela história começava a intriga-la também – Conte!
Subitamente em toda a sala ouviram-se apelos que rapidamente se tornaram num coro de vozes que entoava “Conte!”.
– Parem! – pediu Marinela lançando-lhes um olhar dilacerante, olhar que em dias normais os teria apavorado mas naquele dia apenas conseguiu que passassem agora a bater também com os pés.
– Está bem! Eu conto! Ganharam! – gritou ela. Como por magia um incrível silêncio apoderou-se a sala. Com receio que voltassem à mesma algazarra e o director a alertasse para o barulho proveniente das suas aulas, Marinela resignou-se a contar-lhes o que sabia.

_________________
Ritmo DBSK Fighting!




Godzilla strikes back! Muahahahahah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dongbangshinki-portugal.blogspot.com/
ariatas
Fã de Ouro
Fã de Ouro


Feminino
Número de Mensagens : 434
Idade : 25
Localização : Queluz
Humor : ... desesperada... aulas...
Membro Preferido : hmmm... jaejoong?... micky?.... não.. talvez o yunho!...não... changmin? ou o junsu!!! ahhh não consigo decidir T.T são tds tão perfeitos... ^^
Música Preferida : ahhh sao todas!!! mas love in the ice, begin... são talvez aquelas de que não me canso de ouvir ^^'
Data de inscrição : 04/07/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Sex Out 10, 2008 5:52 pm

awwww obrigada neechan!!!! *hugs* :amor: :amor: to a adorar...
ui! ta lindo! tres livros? ja os tens tds escritos? to a ver q isto vai demorar.... xD
mas eu vou esperar..... (im)pacientemente claro! hihihi :(hihi):
a historia esta a ficar mais interessante... e mais confusa xD
continua pff!!!

bjs :bjs:

off topic* a tua mana tbm se chama ana? ohh deve ser mesmo querida e fofa! (xD nao e por se chamar ana nem nada coughcough! xD)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
nayomira
Deusa Odisseia
Deusa Odisseia


Feminino
Número de Mensagens : 1755
Idade : 26
Localização : Salamanca - Bragança xDDD
Emprego/lazer : Estudante da Faculdade nos tempos livrx! lol!
Humor : I wanna be a froggieeeee! XD
Membro Preferido : Junsu-oppa~ em primeiru lugar....depois vem o Junsu~oppa!!! muhaha!
Música Preferida : Darkness Eyes, Purple Line, Love in the Ice, Kiss Shita Mama Sayounara, Dead End, Rising Sun, O, Choseey Lover, The way you are, Tri-Angle, Doushite Kimi wo Suki ni Natte Shimattan Darou, MIROTIC, Wrong Number, 9095, etc etc! xD
Data de inscrição : 01/04/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Sab Out 11, 2008 12:34 pm

UAU! O.O não queres partilhar um pouco desse talento fantastico que tens para escrever e darme um pedacinho, nao??? xDDDDD pah..é o que eudigo..publica isto e eu juro-te que to compro!!!!!! ta mesmo muito muito muito booom, pah!!!! continuation, please! -^^-

_________________
FANFICS:

[Link]


[link]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
shadows_owner
Photoshop Lady/Moderadora
Photoshop Lady/Moderadora


Feminino
Número de Mensagens : 862
Idade : 32
Localização : Normalmente no espaço... Lua é muito perto da Terra.
Emprego/lazer : O meu portatil XD
Humor : Muito... nem q seja morbido XD
Membro Preferido : YunHo - U-Know.... e mais Yunho... que se lixe o resto... YunHo é YunHo e não se fala mais nisso!
Música Preferida : Love in The Ice, Rising Sun, Purple Line, Darkness Eyes, Phantom, Hi Ya Ya Ya, Tri-Angle, Break Up The Shell, Hey (Don't Bring me down), Mirotic... Na verdade são todas as musicas deles! XD
Data de inscrição : 07/09/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Seg Out 13, 2008 7:50 am

Yep a minha mana tb s chama ana! Ana Claudia (chamamos-lhe Claudia lá em casa, mas não para ligar pq tb me chamam Margarida ou Guida lá em casa, portanto.... LOL)

Arigatou-Gozaymasu (se me enganei a escrever n me esfolem, please)

Voces são umas queridas.... e desculpem se ainda está confuso. VOu ver como anda o segundo capitulo e depois vou por!

Ha! Quase me esquecia, Ariatas... não são três livros (bem na verdade até é uma Trilogia) mas os nomes que falei são as partes em que este livro está dividido. Até a ver, da Trilogia Guerreiros Dragão apenas tenho A Profecia e O Rei Dragão com a historia delineada... o terceiro ainda está muito adormecido na minha mente e tenho umas qts hipoteses que não sei qual será a melhor! :xoro: :xoro:

Confesso que embora adere A Profecia nutro um carinho especial por O Rei Dragão! (embora os nomes das personagens sejam ainda mais marados.
Por exemplo, estes são os nomes das pensonagens principais de A Proifecia:

Ayrihn/Margarida - princesa de Dracus e Guerreira Dragão
Rehyus/Cláudio Alexandre - Principe de Veemor e Guerreiro Dragão
Marthim - Tio de Ayrihn e irmão de Aliahna, mestre dos Guerreiros Dragão
Frail/Rafael - Guerreiro Dragão
Lesus/Leonel - Guerreiro Dragão e irmão de Rehyus e Delor
Garany/Sonia -Guerreira Dragão
Serewana/Carla - Guerreira Dragão e irmã de Ayrihn
Catherine/Adelaide - Guerreira Dragão
Delor/Sandro - Guerreiro Dragão e irmão de Rehyus e Lesus
Thamira/Carina - Guerreira Dragão e irmã adoptiva de Ayrihn e Serewana
Carsus/...(top secret) - Lacaio do Dragão Negro e... mais n digo
Madahlath - (não posso dizer quem é... hihihi)
Aliahna - Mãe de Ayrihn e Serewana e irmã de Marthim
Rualier - Pai de Delor, Rehyus e Lesus
Weiniam - Mãe de Delor, Rehyus e Lesus



DBSK Fighting!

_________________
Ritmo DBSK Fighting!




Godzilla strikes back! Muahahahahah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dongbangshinki-portugal.blogspot.com/
shadows_owner
Photoshop Lady/Moderadora
Photoshop Lady/Moderadora


Feminino
Número de Mensagens : 862
Idade : 32
Localização : Normalmente no espaço... Lua é muito perto da Terra.
Emprego/lazer : O meu portatil XD
Humor : Muito... nem q seja morbido XD
Membro Preferido : YunHo - U-Know.... e mais Yunho... que se lixe o resto... YunHo é YunHo e não se fala mais nisso!
Música Preferida : Love in The Ice, Rising Sun, Purple Line, Darkness Eyes, Phantom, Hi Ya Ya Ya, Tri-Angle, Break Up The Shell, Hey (Don't Bring me down), Mirotic... Na verdade são todas as musicas deles! XD
Data de inscrição : 07/09/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Qua Out 15, 2008 2:28 pm

Aqui vai o segundo capitulo....
Mais uma vez espero que gostem.....


A Lenda



Olhou-os ainda dividida entre contar ou não contar, afinal de contas nenhum deles alguma vez se interessara pela disciplina… talvez assim se empenhassem um pouco mais, um incentivo era sempre bem-vindo, não tinha nada a perder, eles nunca chegariam a saber de nada.
– Diz-se que há muitos séculos atrás existiu num planeta chamado Veemdracus uma Princesa que tinha uma beleza estonteante e um poder para lá da concepção. Ela era filha do Rei de um dos dois reinos em que o planeta estava dividido: Veemor e Dracus. O pai, o Rei de Dracus, destinara-a a casar com o filho do Rei de Veemor: o Príncipe Rehyus Veemor. Eles estavam destinados a unir os dois reinos num só e partilhar um amor lendário. No entanto o seu título de Rainha do Universo era muito ambicionado pelas forças do mal... por um demónio conhecido por Dragão Negro. – como por impulso, quando Marinela falou em Veemdracus Margarida e Alexandre deram as mãos, mas quando Margarida ouviu o nome Dragão Negro um arrepio correu-lhe a espinha, uma sensação de já ter ouvido aquela história em algum lado, ou pior de saber aquela história de cor sem nunca a ter ouvido antes invadiu-a; Alexandre sentiu o mesmo – Esse demónio lutou com ambos e acabaram por morrer os três.
“Conta-se que o eremita do rei, numa tentativa de impedir o poder da sua princesa de cair nas mãos erradas, criou um livro de grandes poderes que daria a quem conseguisse terminar de o ler a honra de ser Guerreiros Dragão e de proteger o planeta.”
“No entanto temeram que mesmo assim o livro estivesse vulnerável e enviaram-no para o planeta onde seria menos provável encontrarem-no... A Terra. Diz-se que muitos foram os que tentaram, em vão, receber o prémio que seria cedido pela própria princesa... E até hoje nenhum deles regressou da sua viagem. Diz a lenda que só quando a Princesa Dragão matar o Dragão Negro, ela e o Príncipe Dragão hão-de ter paz.”
Embora a professora tivesse já concluído o seu discurso toda a sala continuava num silêncio intenso, silêncio esse que foi interrompido pelo soar da campainha, que, na imensidão daquele desmesurado silêncio lhes parecia ter tocado mesmo por cima da porta da sala.
– Recordem-se... Nem uma palavra sobre o que foi pronunciado aqui sobre o paradeiro daquele livro! – relembrou Marinela.
– Mas podemos contar a Lenda, certo?! – inquiriu Rafael.
– Sim… a lenda podem! – respondeu Marinela – Ninguém sabe se este livro efectivamente existe ou não!
– Quer dizer que até o livro é um mito?!
– Sim! Neste momento “A Lenda da Princesa Dragão” não passa disso mesmo... uma lenda! – completou Marinela – Também para mim já o foi e permanecerá assim... Certo?
– Sim! – responderam todos em coro.
A professora deixou-os sair, mas cá fora, o barulho que para eles era normal, agora, causava-lhes abalo, e parecia desconforme, desconhecido e desconfortável. Sentiam-se como se ainda estivessem dentro daquela história; não sabiam como mas em pouco tempo todos na escola ficaram a saber a Lenda da Princesa Dragão... Mas sobre a existência do livro ninguém proferiu uma única palavra que fosse.
Margarida e Alexandre juntaram-se ao grupo habitual de amigos: Carla, Leonel, Adelaide, Sónia e Rafael. Estavam bastante animados a conversar e a rir. Tiago, namorado da Adelaide, aproximou-se e cumprimentou a todos com um sorriso e um bom dia.
– Já ouviram falar da Lenda Princesa Dragão? – perguntou ele. Pertencia a outra turma juntamente com mais dois amigos que ainda não se lhes haviam juntado.
Alexandre perguntou em resposta: – Quem não ouviu?
– E a ti priminha!? – perguntou ele a Margarida – Não te diz nada!?
Margarida não tinha pensado no assunto naqueles termos: – Bem já que levas a conversa por esses termos... tive a sensação de conhecer esta história de algum lado... muito embora nunca tenha ouvido falar nela! – explicou intrigada.
Ele sentou-se muito pensativo: – Bem o problema é mesmo esse! Eu tive a mesma sensação! – explicou.
– Não foram apenas vocês! – corrigiu Adelaide – Tenho a impressão que todos sentimos o mesmo... pelo menos assim me pareceu pelas vossas caras, quando a setora estava a contar a tal lenda.
– É verdade! – assentiu Carla.
Todos disseram que sim com a cabeça. Margarida reparou que Alexandre estava longe em pensamentos, no entanto apertava-a contra si como se tivesse medo que ela fugisse, Margarida olhou-o nos olhos mas Alexandre nem reparou, estava imerso em pensamentos de tal modo que nada o fazia despertar. À terceira vez que Margarida chamou ele reagiu: – Que se passa?! – perguntou ela passando-lhe os braços à volta do pescoço.
– Nada! – respondeu ele simplesmente não sendo de modo algum convincente.
– Bem sei que não! A sério! Que tens? – insistiu Margarida.
– Não consigo deixar de pensar naquela história! – explicou ele – Não sei como explicar mas um medo terrível e uma sensação de perda estão ligadas a essa lenda. Sinto um aperto no coração cada vez que a ouço!
Margarida encostou a cabeça no seu peito. Aquela lenda fizera-a lembrar-se dos seus sonhos, aqueles que tinha quase todas as noites e graças aos quais a sua relação se havia tornado num romance de livro, no entanto, fizera-a também recordar o desespero entranhado no seu peito sempre que acordava de um desses sonhos.
– Sinto o mesmo. Esta lenda faz-me lembrar os meus sonhos... Não consigo, no entanto, lembrar-me de nenhum e assim não posso dizer se sonho com a lenda ou se se trata apenas de uma coincidência. – explicou ela. Agoniava-a a simples ideia de ver os sonhos realizados. Era como temer alguém ou algo invisível, um perigo que apenas podia sentir.
Leonel olhou os amigos: – Que se passa connosco?! Porque estamos assim? Não queiram saber o que eu acho, parece louco mas é a resposta mais viável.
– Se calhar achas o mesmo que eu! – assentiu Carla – Também achas que esta lenda é a nossa vida passada? – perguntou ela.
Rafael abanou a cabeça: – Ya tipo, eu sou o Charly Chaplin reencarnado e aposto que o Leonel ou é o Nero com aquele pessimismo todo Roma vinha abaixo de certeza!
– Mesmo que seja algo assim é demasiado estúpido. Vá lá, qual de vocês é que já viu alguém, que não fosse maluco, dizer que sonhava com a vida anterior. O nosso cérebro arranja maneiras muito estranhas de interpretar o nosso dia-a-dia quando sonhamos. – alegou Leonel – É demasiado louco para ser verdade. E não me venham novamente com aquela história de que não nos conhecemos por acaso, que eu passo-me já!
– ‘Ta bem… mas tens de confessar que algo muito forte sempre nos uniu. – cortou Rafael indignado com o cepticismo de Leonel.
– Nesse sentido vou concordar com ambos. A cena de não nos conhecermos por acaso é um bocado rebuscada, mas não vou negar que algo forte nos une. Somos todos muito amigos, isso não vos chega? – argumentou Tiago.
Alexandre deu uma palmada nas costas de Tiago: – É verdade! Mas dando uma de Rafael e imitando um tipo qualquer de há uns duzentos e tal anos atrás que cantava: Eu sem ti, quem era eu sem ti…! – exclamou ele com uma risada. O grupo soltou uma risada verdadeiramente sentida. Era sempre assim: brincavam, saiam, jogavam e estudavam sempre juntos, nada os separava.
– Ainda assim, – começou Adelaide – acho tudo isto demasiado familiar. É como um sonho ou sei lá, tipo, aquela coisa a que chama déjavu ou lá o que é! É esquisito, isso não haja duvida!
– As respostas que procuramos estão naquele Livro! Temos de o encontrar. Lá estão todas as respostas às nossas perguntas! – exclamou Sónia.
– Como podes dizer isso assim?! – perguntou Leonel.
– Fogo! Tu por vezes irritas. Só acreditas no que tocas e no que vês, não é? Pareces aquele gajo da bíblia! – respondeu ela lançado um olhar cortante a Leonel – Mas infelizmente não tenho nas mãos as marcações de onde me espetaram os pregos para te mostrar… Embora gostasse nem que fosse só para te irritar um bocado!
Adelaide olhou Sónia chocada: – Tipo, não sei se percebestes, mas há pouco não me estava a referir a ir procurar o livro! Nem sabemos onde está! – olhou os amigos que tinham ar pensativo – Por favor digam-me que não estão a ter a ideia maluca que eu penso que estão a ter!
– Talvez a professora ter falado do Livro tenha sido um sinal para nós entrarmos na história! – explicou Margarida – Eu não o sinto... sei-o!
– A cena do sentir e do saber não tem nada a ver! A única coisa que deves estar a sentir é a mente a torrar porque não estás minimamente a usá-la! – observou Adelaide incrédula com a insensatez de Margarida
– Temos de encontrar uma maneira de ler esse livro! – exclamou Sandro aproximando-se com Carina.
Adelaide revirou os olhos mas foi Leonel quem falou: – Vocês hoje deixaram todos o cérebro em casa! Não estão bons da cabeça.
Sandro e Carina também eram da turma de Tiago. Sandro era alto moreno de cabelos castanhos e olhos castanhos-claros com um toque de azul. Os cabelos castanhos-claros de Carina não chegavam para lhe ofuscar os magníficos olhos castanhos esverdeados. Carina e Sandro estavam sempre juntos em tudo e para tudo embora as suas personalidades fossem um pouco diferentes completavam-se.
– Se esse livro for a chave para todas as perguntas... porque raio ainda aqui estamos e não estamos já a arranjar um plano para o obter! – recordou Carina.
– Sim, é verdade, temos estado a pensar no quão importante o livro é... mas ninguém se lembrou como o íamos conseguir! – assentiu Tiago.
– Eu acho que eles sabem muito bem o que vão fazer para obter o livro! – exclamou Adelaide
– Tem calma, Laidita! Está bem? – pediu Tiago perante a notória impaciência de Adelaide. – Que raio te deu hoje! Acho que o Leonel tem sido má influência para ti.
Leonel levantou-se: – Hei! Calminha amigo, isso ofendeu!
– Crianças! – gritou Alexandre e todos se calaram – Vamos a acalmar os ânimos!
– Agora que estamos mais calminhos… Acho que tenho um plano! – exclamou Margarida.

_________________
Ritmo DBSK Fighting!




Godzilla strikes back! Muahahahahah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dongbangshinki-portugal.blogspot.com/
nayomira
Deusa Odisseia
Deusa Odisseia


Feminino
Número de Mensagens : 1755
Idade : 26
Localização : Salamanca - Bragança xDDD
Emprego/lazer : Estudante da Faculdade nos tempos livrx! lol!
Humor : I wanna be a froggieeeee! XD
Membro Preferido : Junsu-oppa~ em primeiru lugar....depois vem o Junsu~oppa!!! muhaha!
Música Preferida : Darkness Eyes, Purple Line, Love in the Ice, Kiss Shita Mama Sayounara, Dead End, Rising Sun, O, Choseey Lover, The way you are, Tri-Angle, Doushite Kimi wo Suki ni Natte Shimattan Darou, MIROTIC, Wrong Number, 9095, etc etc! xD
Data de inscrição : 01/04/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Qui Out 16, 2008 8:57 am

UAU!!!!! tipo....UAU!!! posso ter um autografo teu??? e o teu crebro tambem, já agora, sana-nee-sama? xDDD liiindo, possa! keru maaaais! HAHAHA! xDDDD

_________________
FANFICS:

[Link]


[link]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Milu
Fã de Ouro
Fã de Ouro


Feminino
Número de Mensagens : 275
Idade : 22
Localização : Leiria *-*
Emprego/lazer : Que pergunta.. --'
Humor : Demasiado extravagante! XD
Membro Preferido : Yunho, Yunho e YUNHO! <3 (e depois o Changmin xDD)
Música Preferida : Love in the Ice; Darkness Eyes; O; Rising Sun; Purple Line; Tri-Angle; Box in the Ship; Drive; Doushite; MIROTIC; E não me peçam para por aqui a lista toda xDD
Data de inscrição : 16/08/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Qui Out 16, 2008 12:05 pm

OMG adoro xD A maneira como explicas os detalhes! Quero mais, quero! *-*
Continua! ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://munny.pt.vu
shadows_owner
Photoshop Lady/Moderadora
Photoshop Lady/Moderadora


Feminino
Número de Mensagens : 862
Idade : 32
Localização : Normalmente no espaço... Lua é muito perto da Terra.
Emprego/lazer : O meu portatil XD
Humor : Muito... nem q seja morbido XD
Membro Preferido : YunHo - U-Know.... e mais Yunho... que se lixe o resto... YunHo é YunHo e não se fala mais nisso!
Música Preferida : Love in The Ice, Rising Sun, Purple Line, Darkness Eyes, Phantom, Hi Ya Ya Ya, Tri-Angle, Break Up The Shell, Hey (Don't Bring me down), Mirotic... Na verdade são todas as musicas deles! XD
Data de inscrição : 07/09/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Dom Out 19, 2008 1:31 pm

É assim, hoje não tenho aqui mas apanha ponho, o terceiro capitulo é o último que já está basicamente em processo final, isto é, as alterações que vai sofrer em relação aos posteriores são muito poucas ou nenhumas.

Os capitulos seguintes, podem não conter toda a informação ou sofrer alterações massivas. Com alterações massivas quero dizer: ser anexado a outro capitulo, ser-lhe adicionada mais informação e dividido em dois ou mesmo ser apagado.

Com isto o que eu quero saber é:
Ainda assim, querem que continue a postar sobre A Profecia ou querem que pare?

A alternativa a nenhuma destas é postar capitulos muito mais para a frente... mas além de provavelmente irem andar perdidas não sei até que ponto quereriam passar meio livro em branco.

Quando estivesse pronto liam tudo seguido como é obvio... mas a escolha, neste momento é vossa!

_________________
Ritmo DBSK Fighting!




Godzilla strikes back! Muahahahahah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dongbangshinki-portugal.blogspot.com/
shadows_owner
Photoshop Lady/Moderadora
Photoshop Lady/Moderadora


Feminino
Número de Mensagens : 862
Idade : 32
Localização : Normalmente no espaço... Lua é muito perto da Terra.
Emprego/lazer : O meu portatil XD
Humor : Muito... nem q seja morbido XD
Membro Preferido : YunHo - U-Know.... e mais Yunho... que se lixe o resto... YunHo é YunHo e não se fala mais nisso!
Música Preferida : Love in The Ice, Rising Sun, Purple Line, Darkness Eyes, Phantom, Hi Ya Ya Ya, Tri-Angle, Break Up The Shell, Hey (Don't Bring me down), Mirotic... Na verdade são todas as musicas deles! XD
Data de inscrição : 07/09/2008

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Sex Dez 25, 2009 8:27 am

Devia ter posto isto logo ao principio.
O nome do livro: A Profecia, deve-se a profecia que vos vou mostrar a seguir: A Profecia do Dragão.
É ela a origem de toda a Trilogia e é ela a base do primeiro livro.
Leiam enquanto aguardam o Próximo capitulo da Rumo ao Paraíso. Prometo tentar não demorar muito!


Peace and enjoy!



A Profecia do Dragão


Criados para o universo guiar
Três povos, na guerra, se vão lançar
Por causa da magia que não podem alcançar
Até apenas um sobrevivente restar
Nenhuma das raças irá escapar
Ao destino que foi traçado
Pelos que lhe deram a vida no passado

Séculos vão passar
Sem que a ninguém consiga quedar
A luz da chama imortal
Paixão e salvação sem igual

Dez guerreiros de luz o universo vão salvar
Conhecidos como Guerreiros Dragão
Da morte se vão levantar

A criadora que lhes deu vida
A sua vai perder
Para que a sua família sobreviva
O seu corpo terá que perecer
Mas a força da sua alma pura
Fá-la-á regressar
Quando o mal não tiver cura
Noutro corpo haverá de encarnar

Três vezes se erguerá a salvação
Por duas haverá de perecer
Mas a terceira, o inimigo terá que vencer

Coragem, tempo, magia, confiança,
Amizade, alma, mente e esperança
Liderados pelo amor
Vão desprender-se da dor
Criando o circulo perfeito de planetas
Das antigas lendas
Para vencer o senhor de todas as tormentas
Vão ter que recorrer às suas estrelas

Para a todos salvar
A coragem terá que a luz guiar
Aquele que o mal tomou para seu
Fazendo-o tomar a opção que nunca escolheu

Dois mestres do dragão
Separados pela cor do coração
Um de luz outro de escuridão
Onde o branco puro segue a salvação
E o negro escuro corrompeu
O corpo da alma que nunca acresceu

Os segredos bem guardados
A todos, no fim, serão revelados
Os Dragão de Luz e a Salvação
Guardam os segredos da criação
O Dragão de Trevas acha-se superior
Mas acima de si está o criador

A próxima geração
Enfrentará os perigos que hão-de vir
Filho da salvação e do criador
Nascerá o rei prometido
Ele será o salvador
Que a governar o universo está definido

Descendente de príncipes e Rei Dragão
Com ele reinará a verdadeira união
Guiado pelo Dragão de Fogo vai renascer
A mais proibida das paixões vai viver

O novo Dragão Branco vai ter que vencer
Aquele que os seus antepassados fez render
E a senhora do Dragão de fogo vai ter que fazer
O sacrifício que o destino a fizer cometer

Na batalha que está perdida
Desterra de quem esqueceu
A alma de quem vence
A sombra de quem perdeu

Assim, pelas mãos da renascida criadora vai chegar
A esperança que tão longe parece estar
Mas a verdade pode enganar
E nas asas da morte a paz voltará a reinar

_________________
Ritmo DBSK Fighting!




Godzilla strikes back! Muahahahahah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dongbangshinki-portugal.blogspot.com/
mendes
Fã de Prata
Fã de Prata


Feminino
Número de Mensagens : 71
Idade : 26
Localização : viseu
Humor : entusiasmada por encontrar alguem que goste desta banda em portugal...(iupiii)
Membro Preferido : Xiah Junsu......ultimamente de olho no Micky..^3^
Música Preferida : para falar a verdade...todas..mas neste momento midoyo-(eu acredito)(((não tenho a certeza que esteja escrito correctamente(é bem probavel que não))))
Data de inscrição : 07/11/2009

MensagemAssunto: Re: A Profecia   Sab Dez 26, 2009 2:33 pm

uuuuaaaaauuuuu...

é a unica coisa que me ocorre neste momento...

até agora estou a gostar bastante ...hé´héhé...parabéns...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Profecia   Hoje à(s) 2:25 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Profecia
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Dong Bang Shin Ki (DBSK/TVXQ) Portugal :: Divertimento :: Fanfic/Fanart-
Ir para: